domingo, 3 de fevereiro de 2013

#Livros: O mundo de Cassandra Clare - The Mortal Instruments + The Infernal Devices


     Annyeong~ Sou a Nanda e me intrometi no blog da Emis pra falar um pouco sobre as minhas sagas preferidas do momento: The Mortal Instruments (Os Instrumentos Mortais) e The Infernal Devices (As Peças Infernais), ambas escritas pela Cassandra Clare ("Evil Queen", para os fãs mais carinhosos).

     As sagas retratam o mesmo universo: o dos Shadowhunters, que nada mais são do que jovens nephilins (filhos de anjos com humanos) que usam armas especiais e marcas que os ajudam na hora do combate. O que as diferenciam é a época e o local em que ambas ocorrem. TMI ocorre no tempo presente, em Nova York e TID ocorre na Londres vitoriana lá pra 1878.

     Prontos para conhecerem um pouco mais sobre esses livros que estão conquistando tantos fãs? 


#The Mortal Instruments

     SinopseUm mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.  
♦ Skoob
A saga é composta por 6 livros. São eles:

      Cidade dos Ossos
       Cidade das Cinzas
       Cidade de Vidro
       Cidade dos Anjos Caídos
       Cidade das Almas Perdidas
       Cidade do Fogo Celeste (título não oficial, ainda não lançado)


     Desde que Clary visitou o Pandemônio  com seu melhor amigo Simon, assim presenciando um assassinato cometido por três jovens, - Isabelle, Alec e Jace - sua vida não foi mais a mesma.  Logo ela se envolve com eles, principalmente com o Jace, com quem ela se encanta rapidamente. Jace tem uma personalidade digamos que difícil: está sempre se vangloriando por sua beleza, se acha demais, sempre irônico e faz  piadinhas em qualquer situação. 

"- Somos chamados de caçadores de sombras. Pelo menos é assim que nos autointitulamos. Os do mundo de baixo têm nomes menos apresentáveis para nós.
- Os do mundo de baixo?
- As crianças noturnas. Feiticeiros. Os condenados. O núcleo mágico dessa dimensão.
Clary sacudiu a cabeça.
- Não pare por aí. Suponho que também existam vampiros, lobisomens e zumbis...
- É claro que existem - informou Jace - Mas você encontra mais zumbis no sul, onde ficam os padres voudun.
- E as múmias? Elas ficam só pelo Egito?
- Não seja ridícula. Ninguém acredita em múmias."


      Simon é um amigo que toda menina pediu a Deus. Está com Clary em todos os momentos, enfrentando coisas que nunca pensou em enfrentar. Tento sua vida posta em jogo por diversas vezes, ele nunca pensou em nada além de manter sua amiga  ou algo mais segura.

- No futuro, Clarissa - ele disse -, seria uma boa ideia mencionar que já tem um homem na sua cama, para evitar situações desse tipo.
- Você o convidou para a sua cama? - Perguntou Simon, parecendo abalado.
- Ridículo, não é mesmo? - disse Jace. - Nunca caberíamos os três."

     Os personagens são todos muito bem trabalhados, inclusive meu personagem preferido, o feiticeiro Magnus Bane. Bissexual cheio de glitter e muito engraçado, tem interesse por Alec e ajuda os protagonistas sempre quando precisam.

Jace anuiu com a cabeça.
- Não queremos abusar da sua hospitalidade.
- Que hospitalidade? - Indagou Magnus. - Eu diria que foi um prazer conhecê-los, mas não foi. Não que não sejam charmosos, e quanto a você... - Ele deu uma piscadela para Alec, que parecia perplexo. - Me liga? "

#O Filme

     A estréia de "Cidade dos Ossos" está prevista para dia 23 de agosto e promete trazer cada vez mais fãs e posers  para esse mundo cheio de ação e criaturas sobrenaturais. O filme conta com um elenco de peso. Lily Collins como Clary, Jamie Campbell Bower como Jace, Robert Sheenan como Simon, entre outros... Há quem diga que que o Jamie não foi uma boa escolha como Jace. Julgando pela aparência, não. Mas como ele é um bom ator, vamos ver o que vai dar. Particularmente, eu gostei do elenco. Magnus foi muito bem representado e como foi!, e a diva Isabelle e o Alec também. 

Confira o teaser trailer abaixo:


Lily Collins gravando Cidade dos Ossos. Adorei o figurino!

O ator e modelo taiwanes Godfrey Gao dará vida a Magnus Bane. Sua caracterização como o feiticeiro ainda é um mistério. Segundo a própria autora "the world is not ready". But I'm ready!
#The Infernal Devices

       " Tessa Gray é uma jovem de apenas 16 anos, e mesmo parecendo ser uma mocinha indefesa, precisa cruzar o oceano de Nova York à Londres vitoriana para encontrar o irmão mais velho. Com a morte de tia Harriet, ela não tem outra escolha senão ir morar com Nathaniel, o único parente vivo. Porém, para sua grande surpresa, ao desembarcar, Tessa é imediatamente sequestrada pelas irmãos Black e Dark, duas senhoras nada simpáticas que também mantêm Nathaniel em cativeiro. A segunda novidade é que a srta. Gray não é nem um pouco indefesa. Dona do estranho poder de se transformar em qualquer um apenas ao tocar em algum pertence dessa pessoa, a menina é um objeto valioso para os membros do Clube Pandemônio, uma organização secreta mantida pelas Irmãs Sombrias. 

     Como nada no submundo escapa do conhecimento dos Caçadores de Sombras, Tessa é logo resgatada por eles, encontrando abrigo no Instituto de Londres. Mas as portas do esconderijo, que só podem ser abertas pelos Caçadores de Sombras, protegem Tessa apenas parcialmente. Do lado de fora está se desenrolando uma verdadeira caçada em seu nome, e o Magistraado fará qualquer coisa para tê-la sob seu poder. Com a ajuda de bizarras máquinas humanoides, os autômatos, o novo líder das forças do mal em Londres se infiltrará na cidade, nos becos do submundo e em todo o caminho, até alcançar o coração dos Caçadores de Sombras. Junto ao temperamental e misterioso Will, e seu melhor amigo James, cuja frágil beleza esconde um terrível segredo, Tessa vai aprender a usar seu poder e conquistar um lugar ao lado deles na batalha. Tudo isso para tentar descobrir quem é o Magistrado e qual é a origem de sua habilidade sobrenatural. E sem que ela se esqueça, é claro, de tentar controlar a atração que sente pelos dois garotos. Afinal, muitas vezes o amor é mais poderoso do que qualquer magia." - Orelhas do livro.



   
   A saga é composta por 3 livros. São  eles:

                                Anjo Mecânico
                             Príncipe Mecânico
                            Princesa Mecânica
            

       
   
     A Cassandra Clare simplesmente me impressionou com esse livro. Adorei a forma como ela retratou Londres em 1878. Eu nunca tinha lido um livro de época, então foi um experiência diferente e agradável. Li esse livro em tempo record e, na minha opinião, ele conseguiu ser ainda melhor do que o livro de introdução de TMI. Ação, romance nem um pouco meloso, thanks God! e humor em boa  medida.

     Essa saga é uma boa pedida pra quem quer saber as origens dos Shadowhunters, é tudo muito bem explicado e o clima é um pouco amedrontador. Tessa se mostra uma protagonista corajosa e forte, o que me fez gostar muito mais dela do que de Clary, de TMI. E assim mais uma vez a Cassie consegue se superar na elaboração dos personagens! Will tem uma personalidade irônica, bem parecida com a do Jace será que é a genética?, ele é engraçado e muito determinado. Seu parabatai, Jem so sweet ♥, tem uma beleza frágil e fantasmagórica e esconde um segredo obscuro. Ambos são lindos e atraem Tessa, que se vê dividida entre os dois bravos Shadowhunters. 

Confira o booktrailer de "Anjo Mecânico":


Belíssima fanart de The Infernal Devices.

Foi anunciado que o filme de Anjo Mecânico está em produção, o que gerou muitas dúvidas entre os fãs, já que TID é muito mais complexo que TMI. Mas eu realmente espero que seja um sucesso. E claro, já montei meu dream cast.
Anthony Neely como Jem, Emmy Rossum como Tessa e Douglas Booth como Will.  Esse é o desejo de muitos fãs. E realmente, chegam muito perto do descrito nos livros.

" Eu gosto de patos - disse Jem. - Especialmente os de Hyde Park", ele sorriu de soslaio para Will, e Will sabia o que estava lembrando: ele estava se lembrando a mesma coisa - Lembra quando você tentou me convencer a alimentar com uma torta de frango os marrecos no parque para ver se você poderia criar uma raça de patos canibais?
- Eles comeram também. - Will relembrou. - Pequenas bestas sanguinárias. Nunca confie em um pato."

Tá aí um aviso importante.


Espero que vocês tenham gostado da minha resenha tão pequena! Estou muito agradecida a minha unnie, Emis, pelo espaço no Oxente Preta! Adoro esse blog e é uma honra postar aqui :3

                                                                                  Até mais~ 

4 comentários:

  1. Estou terminando de ler TMI e já não vejo a hora de começar a ler TID !

    ResponderExcluir